Controle de Frota de Veículos
VOLTAR

Inscrições

Encerradas
Data a definir
Solicite mais informações para a próxima turma:

Público Alvo

Gerentes, técnicos de nível médio ou superior e demais profissionais envolvidos com a gestão, operação e manutenção de frotas de veículos de transporte e de serviços.

Objetivo

Administrar, planejar e controlar a frota de veículos da sua empresa significa capacitar os técnicos da área de transportes a gerenciar a frota com custos menores, maior produtividade e rentabilidade. Através de uma abordagem teórica e prática simples, o curso mostra, passo a passo, associando os eventos teóricos aos eventos práticos dos aplicativos, como administrar, planejar e como calcular os custos operacionais de frota e diminuí-los pelo uso analítico dos indicadores gerenciais de operação, manutenção e de gestão da frota.

Programa

·   INTRODUÇÃO – sistemas físicos e sistemas de informações.

·   CUSTO OPERACIONAL HISTÓRICO: como calcular “o quanto se gasta” para fazer um veículo rodar e desempenhar com economia e eficácia seus serviços.

·   PLANO DE CONTAS: onde e como apropriar as despesas com as atividades de transporte, de acordo com a sua natureza e responsabilidade: centros de custo e plano de contas. SAF - Cadastros / Centros de Custo / Plano de Contas.

·   MÓDULO DE GESTÃO - FOLHA DE PAGAMENTO: de onde vem e como são apropriadas as despesas com salários e encargos dos motoristas, ajudantes, mecânicos e pessoal de administração de frota de veículos: estrutura orgânica, cadastro de pessoal e cadastro de veículos. SAF - Cadastros / Pessoal / Veículos.

·   MÓDULO DE MANUTENÇÃO – APONTAMENTO E APROPRIAÇÃO DA MÃO-DE-OBRA: como apontar e apropriar as despesas com peças e componentes de estoque e os gastos com mão-de-obra de manutenção própria: mão-de-obra direta, apontamento da mão-de-obra, horas perdidas, fichas de apropriação de mão-de-obra e lançamento de despesas. GEM - Movimentos / Manutenção / Ordem de Serviço / Controle de Estoque / Apontamento da Mão-de-Obra / Histórico de Manutenção.

·   MÓDULO DE GESTÃO – TESOURARIA: de onde vem e como são apropriadas as despesas com materiais de operação, despesas diversas, manutenção em terceiros, peças e componentes comprados pela empresa. SAF - Movimentos / Tesouraria / Contas Pagas Conciliadas. 

·   MÓDULO DE GESTÃO – DESPESAS CALCULADAS: como calcular e apropriar as despesas diretas fixas: depreciação operacional, remuneração do capital, licenciamento, seguros, motorista e ajudantes, consórcio, leasing, locação e cota administrativa ( mão-de-obra indireta, rateio das despesas indiretas e despesas diretas fixas).

·   MÓDULO DE MANUTENÇÃO – TAXA HOMEM-HORA: como calcular a taxa homem-hora e apropriar as despesas com mão-de-obra de manutenção própria aos veículos: taxa homem-hora, mão-de-obra da oficina própria e despesas para rateio.

·   MÓDULO DE OPERAÇÃO – TRÁFEGO: de onde vem os dados sobre a utilização da frota e como são usados no cálculo do custo operacional histórico. SAF – Movimentos / Transporte / Tráfego.

·   MÓDULO DE GESTÃO – CUSTO OPERACIONAL HISTÓRICO: como é calculado o custo operacional histórico por quilometro, por tonelada.km, por hora e por passageiro.km, manualmente e através de um “software”. SAF – Controle de Frota / Custo Operacional Histórico / Despesas Operacionais / Localizar Demonstrativo.

·   CUSTO OPERACIONAL PADRÃO: como calcular o custo operacional padrão através de “software” especialmente desenvolvido para esse fim e como utilizá-lo como parâmetro na análise dos indicadores gerenciais de controle de frota. COI – Arquivo / Planilhas / Empresas / Marcas / Faturamento / Relatórios / Ajuda. SAF – Controle de Frota / Custo Operacional Padrão.

·   CUSTO OPERACIONAL HISTÓRICO VERSUS CUSTO OPERACIONAL PADRÃO: comparação entre respectivos elementos de custo, comentários e conclusões. SAF – Controle de Frota / Controle da Gestão / Custo Padrão Versus Custos Históricos.

·   CONTROLE DE FROTA: estabelecer os parâmetros a serem alcançados pelos indicadores gerenciais; comparar o