Atualização em Processo Mineral
VOLTAR

Inscrições

Abertas
11/9 à 15/09/2017
Parauapebas - PA

Para mais informações:

Abertas
25/9 à 29/09/2017
Salvador - BA

Para mais informações:

Abertas
23/10 à 27/10/2017
Belo Horizonte - MG

Para mais informações:

Carga Horária
40

Público Alvo

Engenheiros e técnicos que operam, supervisionam ou gerenciam unidades de processamento mineral. Profissionais de vendas de equipamentos e/ ou insumos.

Objetivo

Este curso destina-se a profissionais de nível técnico interessados em embasar, ampliar e/ou reciclar seus conhecimentos através de uma revisão dos fundamentos e conceitos básicos das principais operações unitárias envolvidas no processamento mineral. Ao final do curso o aluno deverá ter uma visão integrada das várias etapas do processamento mineral e, consequentemente, maior eficácia na operação e controle de unidades industriais. Além disso, terão uma visão dos desafios que a indústria mineral terá de enfrentar nos próximos anos.

Programa

Conceitos fundamentais
. Fluxogramas de processo;
. Quantificação das operações (umidade, % de sólidos, densidade,
. volume, tempo de residência, tamanho de partícula, curva de  partição);

Balanço de massa e metalúrgico
. Importância da amostragem;
. Utilização e reuso de água;
. Disponibilidade, confiabilidade e produtividade.

Britagem e peneiramento
. Conceitos básicos;
. Tipos de britadores (mandíbulas, giratórios, cônicos, impacto,  rolos);
. Instalações moveis e semimóveis;
. Peneiramento;
. Tipos de peneiras (grelhas, peneiras vibratórias, banana, alta frequência, rotativas, discos rotativos);
. Peneiramento a seco.

Moagem e classificação
. Conceitos básicos (relação de redução, energia específica, carga circulante, mecanismos, índice de trabalho);
. Tipos de moinhos (barras, bolas, autógeno, semi-autógeno, vertical, rolos de alta pressão);
. Variáveis operacionais;
. Classificação;
. Classificador espiral;
. Hidrociclone.

Concentração densitária
. Curva de lavabilidade;
. Mecanismos;
. Critério de concentração;
. Jigagem;
. Espiral concentradora;
. Concentradores centrífugos (Knelson, Falcon).

Concentração magnética
. Separadores magnéticos de baixa intensidade;
. Separadores magnéticos de alta intensidade.

 Flotação
. Hidrofobicidade/hidrofilicidade;
. Interface e adsorção;
. Reagentes de flotação (coletor, depressor e modificadores);
. Efeito de slimes-coating;
. Efeito da qualidade da água;
. Equipamentos de flotação;
. Circuitos de flotação;
. Células mecânicas;
. Coluna de flotação;
. Variáveis de flotação.

Separação sólido líquido
. Coagulação e floculação;
. Coagulação;
. Floculação;
. Sedimentação;
. Espessamento;
. Tipos de espessadores (convencional e de alto desempenho);
. Filtragem;
. Tipos de filtros (disco, prensa, capilar, torre e correia).

Controle de processo
. Conceitos básicos;
. Tipos de controle (manual, regulatório, antecipatório);
. Sistemas de controle (digital, supervisório, multivariável,especialista);
. Hierarquia do controle de processos.
. Disposição de rejeitos
. Tipos de rejeitos;
. Tecnologias  de  disposição  de  rejeitos  (barragem,  desaguamento, filtragem).

Novas tendências